Os planos de fuga de um dos homens mais procurados do Espírito Santo foram frustrados por equipes do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Na tarde dessa quinta-feira (11), Charles Paulino Batista (25) foi preso em flagrante, em Aracati, junto com um comparsa. Ele, com uma porção de substância com características semelhantes à cocaína, e o outro com maços de cigarros importados. O homem, que figurava na lista dos mais procurados desde o ano de 2016, atravessou mais de dois mil quilômetros entre Itapemirim (ES) e Aracati (CE) para tentar fugir das autoridades capixabas.

Após checarem informações acerca de um indivíduo que teria relação com o tráfico de drogas em Aracati, município do Litoral Leste do Ceará, equipes do CPRaio identificaram que o suspeito se tratava de um foragido da Justiça do Espírito Santo e figurava na lista dos homens mais procurados daquele estado. De posse dos dados, os raianos se deslocaram para a Rua Beni Carvalho e reconheceram o homem. Charles estava saindo de um apartamento para se encontrar com outro homem, que o aguardava a bordo de uma motocicleta. Ambos foram abordados pelos policiais militares.

Em um primeiro momento, Charles negou que era procurado pela Polícia, mas teve que ceder. O segundo homem foi identificado como Kayro Cesar Galdino de Sousa (30), com quem foram encontrados quatro pacotes de cigarro sem procedência e uma quantia em dinheiro. Com a afirmativa de que possuía cocaína em casa, os policiais foram à residência de Charles e lá encontraram uma porção de cocaína em pó e em pasta base, sacos plásticos usados para embalar a droga, balança de precisão e a quantia em dinheiro. Os militares também conduziram Kayro para casa. No imóvel, foram encontrados 350 maços de cigarros importados sem origem declarada, além de caixas com papéis de seda usados para montar os cigarros.

A dupla foi conduzida para a Delegacia Regional de Aracati, onde o material apreendido também foi apresentado. O mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio cometido no Espírito Santo foi cumprido e as autoridades capixabas foram comunicadas da prisão dele. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas. Kayro vai responder pelo crime de descaminho, em razão da posse de mercadoria de procedência estrangeira, desacompanhada de documentação legal.

A Polícia Civil vai aprofundar as investigações para identificar os motivos que fizeram Charles escolher o Ceará como local de esconderijo, bem como descobrir o envolvimento dele em atividades ilícitas no Estado.