Sem-título Segurança
Foto: Divulgação

Dois adolescentes, ambos de 16 anos, e um jovem, identificado como Marcos André de Sousa, suspeitos de invasões e assaltos em mais de 10 residências no bairro Sapiranga foram presos, nesta sexta-feira (6). De acordo com informações do major Hideraldo Beline, eles agiam com muita violência, agredindo as vítimas e chegaram a jantar nas casas onde realizavam os assaltos antes de saírem do imóvel. A ação aconteceu às 1h da manhã quando policiais militares avistaram o grupo em atitude suspeita em uma das ruas da Favela do Muro Alto.

A Polícia Militar já estava à procura do trio há alguns dias. Ao abordarem os suspeitos na esquina da Rua Artur Bernardes, os agentes de segurança apreenderam sete papelotes de maconha, dois aparelhos celulares, um cordão, R$ 119 em espécie e uma motocicleta vermelha, que estava próxima do local. Na casa de Marcos Andre, os PMs ainda encontraram 148 munições de calibre 22.

Acusações

Os menores e o jovem de 18 anos foram reconhecidos em pelo menos 10 dos assaltos às residências na Sapiranga, entre elas, a de um jurista. No último sábado, a gangue também roubou o caminhonete Toyota Hilux de um policial federal. Marcos Sousa, que não possuía antecedentes criminais, foi encaminhado para o 2º Distrito Policial e autuado em flagrante por porte ilegal de munições, associação criminosa e corrupção de menor. O procedimento policial será transferido para o 26º DP (Edson Queiroz), que deverá seguir com as investigações sobre o caso.

Um dos adolescentes não tinha passagens pela polícia.  Já o outro, possuía mandado de busca e apreensão em aberto e com quatro passagens pela Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA) por homicídio, roubo e tráfico de drogas. Ambos foram autuados em um ato infracional análogo ao uso de drogas na DCA. Os menores confessaram que estavam usando os ilícitos no momento da ação policial e um deles assumiu a propriedade da motocicleta.