Equipes do 21º Batalhão da Polícia Militar do Ceará (PMCE) realizaram a prisão em flagrante de três homens, suspeitos de envolvimento em um roubo. A captura aconteceu nessa quinta-feira (04), no bairro Planalto Ayrton Senna. O material roubado foi recuperado e um homem, que estava sendo mantido em cárcere privado, foi solto.

A equipe fazia o policiamento na área, quando escutou por meio de radiofrequência, que um veículo com participação em um roubo no bairro Maraponga, estava circulando nas ruas do Planalto Ayrton Senna. De imediato os PMs deram início às diligências e conseguiram localizar o automóvel suspeito. Foi dada ordem de parada e os indivíduos não obedeceram, dando início ao acompanhamento tático.

Durante o trajeto, o automóvel suspeito colidiu com um poste. Nesse momento, segundo os policiais militares que participaram da ocorrência, um dos suspeitos realizou disparos de arma de fogo contra a composição, atingindo o capô da viatura. Houve revide por conta dos PMs, mas ninguém ficou ferido. O suspeito que efetuou os disparos contra a composição policial conseguiu fugir do local. Outros três homens que estavam no veículo foram presos. Durante buscas pessoais e no interior do carro, os militares encontraram um simulacro de pistola e duas facas.

Questionados sobre o material fruto do roubo, os indivíduos indicaram um endereço no bairro Itaperi, onde os objetos estariam guardados. Chegando lá, um homem estava amarrado e amordaçado há, pelo menos, duas horas. A equipe prestou o devido atendimento à vítima, que informou ser o proprietário do veículo utilizado pelos suspeitos. Dando continuidade às buscas, os PMs encontraram diversas trouxinhas de maconha, pesando cerca de 21 gramas, embaladas e prontas para comercialização, dentro do imóvel.

Os suspeitos foram novamente indagados pelos produtos do roubo e em uma residência vizinha, foram localizadas uma televisão, uma caixa de som e uma mochila com pertences pessoais. Receberam voz de prisão e foram conduzidos até o 12º Distrito Policial (DP).

Na unidade, os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas e um inquérito policial foi instaurado. O trio foi autuado por roubo, cárcere privado, associação criminosa e tráfico de drogas. A arma utilizada pelos suspeitos não foi localizada. O procedimento foi transferido para o 19º DP, da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), que dará continuidade às investigações sobre possíveis crimes realizados pelo grupo.