A Polícia Militar do Ceará (PMCE) impediu os planos de um homem de 39 anos de matar a companheira depois de chegar em casa bêbado e ter usado substância ilícita, conforme relatado pela mulher aos policiais. O fato aconteceu na noite dessa quarta-feira (25), no bairro Presidente Kennedy, na Área Integrada de Segurança 6 (AIS 6) de Fortaleza. O flagrante de violência doméstica foi levado para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Fortaleza.

O policiamento da base móvel da Lagoa do Urubu, no bairro Floresta (AIS 8), foi acionado pela mulher, que estava acompanhada pelo filho menor de idade, para que fosse até a residência dela onde o marido se encontrava fora de si. Quando os PMs chegaram ao imóvel, o homem tentou esconder duas facas que estavam na cintura dele, jogando-as na pia. O suspeito resistiu à prisão, mas foi contido pelos militares.

A ocorrência foi levada para a Casa da Mulher Brasileira, onde fica a unidade da DDM em Fortaleza, para realização do flagrante. As duas facas encontradas no imóvel foram apreendidas e apresentadas na delegacia. O suspeito já acumulava antecedentes por posse/porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, disparo de arma de fogo, dano, furto, resistência, desacato e crimes no contexto de violência doméstica e familiar, como lesão corporal, ameaça, injúria e duas violações de domicílio.

Desta vez, ele foi autuado pelo crime de tentativa de feminicídio. A mulher solicitou medidas protetivas de urgência contra o companheiro e será acompanhada pelo Grupo de Apoio às Vítimas da Violência (GAVV) do 18º Batalhão de Polícia Militar (BPM), equipe especializada no atendimento a vítimas de violência doméstica na Capital, que realiza visitas periódicas às famílias no contexto de vulnerabilidade.