A ofensiva teve início quando os PMs, durante patrulhamento no Centro de Itaitinga, escutaram estampidos de disparo de arma de fogo. Imediatamente, eles se dirigiram ao local de onde vinha o barulho dos tiros, na esquina das ruas Josmo Gurgel com Waldir Lopes, e obtiveram a informação de que os suspeitos dos disparos estavam em um carro branco com placa vermelha, dando início às diligências.

No momento das buscas, os militares se depararam com um carro de características semelhantes, iniciando-se uma perseguição. Os suspeitos, em fuga, chegaram a trafegar pela contramão na rodovia BR 116. Em frente ao Instituto Penal Paulo Sarasate (IPPS), eles chegaram a efetuar disparos de arma de fogo em direção à composição e em seguida adentraram no matagal, onde foram capturados.

Os indivíduos identificados, ambos sem antecedentes criminais, estavam em posse de um fuzil calibre 556 com 12 munições, dois coletes balísticos, um aparelho celular, R$ 110,00 em espécie, uma balaclava, uma maquineta de cartão de crédito e o veículo em que eles estavam, que é cadastrado como táxi.

Diante fatos, os suspeitos e todo o material apreendido foram conduzidos ao plantão da Delegacia Metropolitana do Eusébio. Na unidade, os homens foram autuados em flagrante por disparo de arma de fogo e associação criminosa.