Foto: Divulgação
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), implantou, nesta sexta-feira (09), na comunidade do Gereba, o primeiro posto fixo de policiamento dentro de periferias da capital cearense. A ideia é evitar que crimes de maior potencial ofensivo aconteçam na comunidade, no bairro Barroso, em Fortaleza.

A implantação é fruto de uma série de ações que vem sendo executadas, com o intuito de diminuir os índices de Crimes Violentos Letais Intencionais – CVLI. A base militar foi instalada na Rua Estrada do Itaperi, em um contêiner, servindo como referência de presença policial para os moradores da região. O posto funcionará 24 horas por dia.

De acordo com o secretário André Costa, futuramente os contêineres serão transformados em bases integradas de policiamento. O titular da pasta da Segurança Pública ressalta que outras iniciativas, como a conclusão das obras dos apartamentos populares da comunidade da Babilônia e a colocação de novas lâmpadas para a iluminação pública, executadas pela Prefeitura Municipal de Fortaleza, estão em andamento. “Estamos trabalhando para fortalecer o vínculo entre Polícia e sociedade. Queremos garantir a paz nas periferias de Fortaleza. Vamos retirar o crime organizado dessas comunidades e garantir que os direitos básicos do cidadão sejam garantidos”, afirma o secretário.

Escolinhas de futebol

Os dois principais clubes de futebol do Estado, Ceará e Fortaleza, vão aderir ao trabalho do Governo do Ceará de prevenção social nas comunidades da Babilônia e Gereba, em Fortaleza. Por meio de ação da Secretaria do Esporte do Estado do Ceará (Sesporte), os clubes planejam a criação de escolinhas de futebol para as duas áreas.