Uma ação da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia Regional do Icó, no final da manhã desta terça-feira (19), resultou na prisão de um homem e nas apreensões de três armas de fogo, além de aproximadamente 250 litros de gasolina que eram vendidos de forma irregular. A ação policial ocorreu na localidade de Sítio Pedrinha, zona rural da cidade de Icó, na Área Integrada de Segurança 21 (AIS 21) do Estado.

Conforme o delegado Glauber Ferreira, os policiais civis chegaram ao local após um trabalho investigativo da delegacia regional. Os apontamentos policiais indicavam a existência de um comércio ilícito de munições e do combustível em um estabelecimento na região. Com as informações, os policiais civis diligenciaram, e foi solicitado mandado de busca e apreensão para os locais investigados. Hoje, os policiais civis deram cumprimento aos mandados e localizaram o material ilícito. O proprietário do local, identificado como Francisco Hélio de Freitas, de 72 anos, sem antecedentes criminais, foi preso.

No total, a PCCE apreendeu três armas de fogo – sendo duas espingardas e um revólver calibre 38 –, dezenas de munições de calibres diversos, além de aproximadamente 250 litros de gasolina sem procedência. Todo o material apreendido, e Francisco Hélio foi encaminhado à sede da Delegacia Regional de Icó, onde o homem foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo de e por estocar e comercializar produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente, em desacordo com as exigências estabelecidas em lei. O crime está previsto no artigo 56 da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais), com pena prevista de reclusão, de um a quatro anos, e multa. A PCCE segue investigando o caso com o intuito de identificar outros partícipes da atividade criminosa.