A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de uma diligência conduzida pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), prendeu David Alves Bezerra, natural de Fortaleza, na noite desta terça-feira (15), no bairro Papicu, em Fortaleza O suspeito foi preso no apartamento de uma namorada, que desconhecia os antecedentes criminais do companheiro.

David Alves Bezerra, 30 anos, responde a mais de 70 estelionatos nos estados de Santa Catarina, Roraima, Mato Grosso e no Distrito Federal, segundo apurações da DDF. Atualmente residindo em Fortaleza, o indivíduo se passava por analista da Receita Federal, tendo feito pelo menos quatro vítimas no Ceará, que foram identificadas pela PCCE até o momento. Uma delas teria caído no “Golpe do Don Juan”, ao se envolver com o suspeito, repassando para ele valor pecuniário para o financiamento de dois veículos de luxo.

Já a segunda vítima identificada pela equipe da DDF no Ceará teria repassado para o homem R$ 80 mil, que ele alegava que seria utilizado para compra de bens provenientes de leilões da Receita Federal do Brasil, como apontam as investigações da Polícia Civil cearense. Um terceira vítima, também do Ceará, revelou ter sido enganada pelo suspeito.

Durante a diligência no apartamento onde o suspeito foi encontrado, os policiais civis encontraram dinheiro, cartões, documentos com nomes de terceiros, contratos, planilhas e até um carimbo em nome da Receita Federal. David foi conduzido para a DDF, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, uso de documento falso e na Lei de Crimes de Lavagem de Dinheiro. O suspeito também é investigado por golpe semelhante em um inquérito policial que é conduzido pela Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur) da PCCE.