imagem-2 Segurança
Foto: SSPDS

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), incinerou, na manhã desta quinta-feira (03), aproximadamente 630 quilos de entorpecentes apreendidos em ações policiais. A queima dos entorpecentes ocorreu em uma cerâmica, situada no município de Caucaia – Área Integrada de Segurança 7 (AIS 7) – Região Metropolitana de Fortaleza.

No total, foram queimados 449,7 quilos de maconha, 8,1 quilos de crack, 5,9 quilos de cocaína, 165,8 quilos de mineíta (pó utilizado na mistura de cocaína) e 1.285 unidades de comprimidos psicotrópicos. Os entorpecentes foram apreendidos em atuações da Polícia Civil, ocorridas entre os anos de 2012 e 2016, em operações desencadeadas em Fortaleza, Itaitinga, Caridade e Novo Oriente. Durante a carbonização do material, policiais civis da DCTD, além de representantes do Ministério Público (MP) e da Vigilância Sanitária compareceram à incineração.

Também neste ano, a Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas incinerou mais de 200 quilos de entorpecentes. O fato ocorreu no dia 26 do mês de junho, em alusão ao Dia Internacional de Combate ao Uso e Tráfico de Drogas, quando foram queimados 181 quilos de maconha, 17,3 quilos de cocaína, 6,6 quilos de crack e dezenas de comprimidos psicotrópicos.

O material foi apreendido a partir de ações ocorridas em Aquiraz, Fortaleza, Caucaia, Canindé, Itaitinga, Maranguape, Monsenhor Tabosa e Pacatuba. A droga incinerada fazia parte de 50 inquéritos policiais instaurados em 2014, 2015 e neste ano.