Dois suspeitos de participarem do latrocínio que vitimou Roberto Mamede Studart Soares, 54 anos, no bairro Papicu, foram presos na madrugada desta terça-feira (24).

Os dois suspeitos foram localizados durante uma ação da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na cidade de Morada Nova, distante 160 quilômetros da capital. Os homens foram conduzidos para a sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para realização dos procedimentos policiais.

De acordo com a Secretaria de Segurança pública e Defesa Social (SSPDS), um dos acusados é um adolescente de 16 anos. A motocicleta utilizada no crime também foi apreendida. Os detalhes da prisão serão repassados durante coletiva de imprensa ainda nesta manhã.

Segundo as investigações, há a suspeita de um terceiro homem ter participado da ação. Ele estaria dentro do banco como um informante e teria dado as instruções sobre qual pessoa abordar na saída da agência. Roberto Mamede era diretor de Esportes Amadores e Olímpicos do Fortaleza Esporte Clube.