Uma ação conjunta do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Delegacia de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou na captura de um homem de 34 anos, suspeito de envolvimento em crimes como homicídios e tráfico de drogas. A captura ocorreu, na última sexta-feira (5), em um hotel na orla de Fortaleza, no bairro Cais do Porto. Duas pistolas, joias, dinheiro e um carro de luxo foram apreendidos durante a ofensiva policial.

Edson Santos de Paula (34), conhecido como “Blade” ou “Brazuca”, que já registra antecedentes criminais por homicídio, porte ilegal de arma de fogo e receptação, foi capturado após um trabalho investigativo acerca de homicídios que ocorreram no bairro Cais do Porto, região onde o suspeito atua na traficância de entorpecentes. Contra ele existia um mandado de prisão em aberto referente a uma morte ocorrida em outubro do ano passado. Na ocasião, a vítima, um homem de 23 anos que tinha antecedentes criminais por tráfico de drogas, foi atingida por disparos de arma de fogo. As motivações do crime estariam relacionadas com a atividade ilícita. Desde então, a Polícia Civil passou a buscar o paradeiro do suspeito. Foi quando os policiais civis descobriram que o homem passou a morar em um hotel na Avenida Vicente de Castro, no bairro Cais do Porto.

Com as informações de inteligência, os policiais seguiram ao hotel e constataram a presença do homem em um dos apartamentos. Foi realizada a entrada dos policiais, que, ao chegarem ao apartamento, visualizaram o homem tentando esconder uma arma. Edson acabou rendido e o local vistoriado. Lá, foram encontradas duas pistolas – sendo uma calibre .45 e outra 380, além de munições, a quantia de R$ 4,1 mil, um computador, relógios, cordões e anéis de ouro, aparelhos celulares, um passaporte e os documentos de um veículo Ranger Rover, que estava estacionado em uma das vagas do estacionamento do hotel. O homem e todo o material foram levados para a sede do DHPP, onde foi registrado um flagrante por posse ilegal de arma de fogo. As investigações em torno do suspeito seguem no sentido de identificar o envolvimento dele em outros crimes.

Estratégia e inteligência

Uma das principais diretrizes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) é o fortalecimento da inteligência e da integração entre as vinculadas, objetivando a redução dos indicadores criminais, especialmente os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI).

Semanalmente, o secretário da SSPDS, Sandro Caron, se reúne com os demais membros da alta cúpula da Segurança Pública no intuito de alinhar as estratégias de combate a esses crimes em território cearense, sejam elas preventivas ou ostensivas, com rápidas respostas a crimes ocorridos no Estado.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-4807, do DHPP, que também é o WhatsApp do Departamento, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem.

Já a Delegacia de Narcóticos (Denarc) conta com canais de comunicação direta de denúncias por meio dos quais a população pode compartilhar informações que tenha conhecimento acerca do tráfico de drogas no Ceará. As denúncias podem ser feitas para o número da Denarc: (85) 3472-1560, que também é o WhatsApp, por onde podem ser enviadas mensagens de texto, áudio, além de imagens e vídeos. A Denarc também mantém o perfil @denarc_pcce no Instagram. O sigilo e o anonimato são garantidos.