Foto: DIvulgação

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), realizou, na manhã de terça-feira (15), a maior apreensão de cocaína da história da instituição. No total, foram apreendidos 607 quilos de cocaína que estavam escondidos em um galpão, em Itaitinga. Na ação policial, dois homens foram presos. A droga seria remetida para a Europa junto com uma carga de mangas.

A Polícia Civil chegou ao local onde a droga estava escondida, durante uma investigação de roubo e receptação de cargas oriundas do Porto do Mucuripe, na Capital. A investigação, desenvolvida desde o começo do ano, resultou no nome de um caminhoneiro do estado do Goiá, que faria o transporte de cargas irregulares.

Com a localização do suspeito, a Polícia chegou ao local onde a carga estava escondida: um galpão localizado na Rua Valdir Dantas. Lá, os policiais civis localizaram 607 quilos de cocaína acondicionados em sacos de farinha. A Polícia Civil encontrou ainda uma carga contendo 3.360 caixas de mangas tipo exportação, oriundas do Vale do São Francisco. As frutas serviriam para encobrir a carga de cocaína. Além da droga e das mangas, a Polícia apreendeu uma balança, além de um caminhão e um semirreboque.

A Polícia Civil capturou um goiano,  motorista que seria o responsável pelo transporte da droga – e um baiano – que era responsável pela vigilância do galpão onde a droga foi localizada. A dupla não registrava antecedentes criminais no Ceará. Eles não repassaram nenhuma informação sobre o material ilícito encontrado. A dupla foi encaminhada à sede da DRFVC, onde foi autuada em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas.