Foto: Divulgação

Uma equipe do Comando Tático Motorizado (Cotam) da Polícia Militar do Ceará (PMCE) capturou o homem suspeito de ser o autor do roubo da arma de um vigilante, ocorrido nessa terça-feira (1º), em frente a um estabelecimento comercial onde a vítima prestava serviço, no bairro Meireles, na Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1). Na ocasião, a vítima foi baleada na mão sem gravidade. O suspeito foi preso, na tarde de hoje (3), no Conjunto São Cristóvão, no bairro Jangurussu (AIS 3), com um revólver calibre 38 municiado.

O acusado com antecedentes criminais por homicídio qualificado, roubo majorado e corrupção de menores, foi preso após os policiais militares receberem e checarem informações sobre o paradeiro dele. Em um conjunto habitacional no Jangurussu, os PMs localizaram um compartimento em construção com sinais de que alguém teria estado no local recentemente. Durante a vistoria, os militares encontraram um revólver calibre 38 municiado e com a numeração raspada.

Em ato contínuo, os policiais investiram nas diligências até encontrar o suspeito escondido próximo a uma caixa d´água. O homem confessou que estava em fuga e deixou a arma para trás. Ainda na abordagem, ele indicou um endereço onde havia material ilícito e conduziu as equipes até lá. No imóvel, foram apreendidas porções de maconha, celulares, balança de precisão, além de placas e chaves de veículos. O homem foi conduzido, em seguida, para o 30º Distrito Policial, onde os objetos foram apresentados.

Na unidade policial, após oitivas dos envolvidos na ocorrência, ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, em razão do armamento estar com a numeração raspada. As investigações da ocorrência envolvendo o vigilante seguem em andamento e são conduzidas pelas equipes do 2º DP, delegacia da área onde ocorreu o fato. Sobre as drogas apreendidas no imóvel, o 30º DP mantém as apurações para identificar a propriedade do material.