Duas ações distintas da Polícia Militar do Ceará (PMCE) resultaram nas apreensões de quase 1.200 munições e oito armas de fogo, entre elas um fuzil. As ofensivas ocorreram na Grande Fortaleza durante a segunda-feira (12) e a terça (13). Ao todo, três pessoas foram presas em flagrante. Duas delas são investigadas por ameaçar moradores em um residencial na cidade de Caucaia. As apreensões são exemplos do trabalho diuturno das Forças de Segurança do Ceará que durante o primeiro semestre de 2021 apreenderam 2.999 armas de fogo, totalizando um aumento de 5% em comparação a 2020, quando ocorreram 2.856.

Em Caucaia, os policiais militares apreenderam seis armas de fogo na tarde de ontem. As equipes da Polícia Militar do Ceará foram acionadas para a localidade de Planalto Caucaia, em Caucaia – Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11), após informações de disparos efetuados em via pública, além de coação contra moradores de um condomínio da região.

Com uma operação envolvendo policiais militares do Policiamento com Cães (PCCÃES), do Policiamento Ostensivo Geral (POG), do Policiamento de Eventos (PE) e do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), as equipes foram ao local e encontraram Luan Victor da Silva Macêdo, 20 anos.

A partir da prisão do suspeito, as equipes chegaram a pelo menos três apartamentos em um residencial onde foram encontrados os materiais ilícitos. Luan já acumula passagens pela Polícia por crimes como roubo, tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, posse de entorpecentes para consumo próprio, crime de trânsito e corrupção de menores.

Ao todo, foram seis armas de fogo, sendo um fuzil, duas escopetas calibre 12, uma pistola 9mm e dois revólveres calibre 38, além de cerca de 400 munições de calibres diversos, um colete balístico, 57 gramas de maconha e uma pequena quantidade de cocaína.

Uma segunda suspeita, Mônica dos Santos da Silva, de 22 anos, também foi presa em flagrante. O caso foi encaminhado à Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), onde foi lavrado um inquérito policial por tráfico de drogas, associação para o tráfico, por integrar organização criminosa e por porte ilegal e posse irregular de arma de fogo.

Já no bairro Cidade 2000 (AIS 10) de Fortaleza, os policiais militares lotados no 22° Batalhão da Polícia Militar efetuaram a abordagem a um homem, identificado por Leomaik Martins da Silva, 27 anos. Com ele, foram encontradas 18 trouxinhas de maconha. Após a abordagem ao homem, os policiais militares identificaram um imóvel onde possivelmente residiam pessoas envolvidas com o tráfico de entorpecentes. Em ato contínuo, os PMs foram até o imóvel.

Depois de chegarem à propriedade, na Alameda das Chananas, os policiais militares se depararam com a porta do local aberta e sem ninguém no imóvel, com indícios que a pessoa que estava na propriedade saiu às pressas para evitar ser preso pela PMCE. Por meio de buscas, os profissionais apreenderam dois revólveres calibre 38, 500 munições de calibre 380, 150 munições de calibre 32, 61 unidades de calibre 12, 50 munições calibre 44 e 26 munições de calibre .357.

Todo o material foi encaminhado ao 2° Distrito Policial (DP) da Polícia Civil, onde um inquérito policial para investigar a origem das munições foi lavrado. Leomaik, que já responde por roubo majorado pelo concurso de pessoas, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.