Foto: Divulgação

A Polícia Militar do Ceará (PMCE), realizou, no último desse domingo (27), a Operação Cavalo de Aço. A ostensiva teve como objetivo combater a realização de rachas de motocicletas que estavam ocorrendo nas proximidades da Lagoa do Colosso, no bairro Edson Queiroz, em Fortaleza.

A Operação Cavalo de Aço contou com o trabalho integrado de policiais militares da corporação no intuito de coibir a prática de disputas de corridas não autorizadas, popularmente conhecidas como “rachas”. Na ação, foram realizadas diversas abordagens e 39 notificações. No total, 12 motocicletas foram removidas ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran/CE) e três carteiras de habilitação foram recolhidas.

Apreensão

Durante a operação, houve a apreensão de um adolescente de 15 anos, que foi conduzido até o plantão da Delegacia da Criança e do Adolescente da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). A motocicleta que ele conduzia estava com chassi e motor adulterados, além disso, ele também portava documentação falsa do veículo.

O adolescente vai responder por atos infracionais análogos aos crimes de receptação e falsificação de documentos. O procedimento foi encaminhado à Justiça e o adolescente foi entregue aos familiares na delegacia. Ele não tinha entrada por outros atos infracionais anteriores.

Operação Cavalo de Aço 

“Essa operação levou o nome de Cavalo de Aço, devido visar flagrar condutores que costumavam se reunir no bairro Edson Queiroz, para realizar rachas e manobras perigosas na região. Nessa ação, o resultado foi a remoção de 12 motocicletas e um adolescente apreendido. Ao todo, 39 notificações foram realizadas”, explica o tenente-coronel Alexandre Maciel Holanda, comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE).

Participaram da ofensiva profissionais de segurança lotados no BPRE da Polícia Militar do Ceará (PMCE), em viaturas, motocicletas e com auxílio de um guincho para fazer a remoção dos veículos apreendidos. As equipes deram suas contribuições para detectar possíveis situações em flagrante.