Um trabalho investigativo realizado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) resultou na captura de uma mulher suspeita de integrar uma organização criminosa, no município de Pacajus (CE), na Área Integrada de Segurança 25 (AIS 25) do Estado. A mulher, que é conhecida por “Angelina Jolie”, acumula passagens por tráfico de drogas no estado do Rio de Janeiro, além de ser investigada por um homicídio no Ceará.

O trabalho de inteligência e de investigação resultou na captura de Angelina Custódio da Silva (27), que estava com um mandado de prisão preventiva por homicídio qualificado em aberto, expedido pela 1ª Vara da Comarca de Pacajus. A ofensiva é decorrente de uma investigação da Delegacia Metropolitana de Pacajus, unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), acerca de um homicídio ocorrido na localidade de Açude da Fazenda, em julho deste ano.

A ofensiva policial que culminou na localização e na prisão do alvo contou com a colaboração da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e de equipes do Departamento de Polícia Judiciária Metropolitana (DPJM). “Angelina Jolie” é suspeita ainda por chefiar uma organização criminosa que atua na região. Ela foi capturada em Pacajus (CE), em uma residência no bairro Dedé Gama, e já responde por tráfico de drogas no Rio de Janeiro.
A suspeita foi capturada e conduzida à Delegacia Metropolitana de Pacajus, unidade da Polícia Civil, onde foi cumprido o mandado de prisão preventiva em desfavor da mulher. Angelina agora encontra-se à disposição da Justiça.