Foto: Reprodução vídeo

O prefeito afastado de Uruburetama e médico, José Hilson de Paiva (70), foi preso, nesta sexta-feira (19), em Fortaleza. O homem, que é suspeito de cometer crimes sexuais contra mulheres que moram nos municípios de Uruburetama e Cruz, se apresentou, às autoridades, em uma unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE). A prisão aconteceu em decorrência do cumprimento do mandado de prisão preventiva representado pela Delegacia Municipal de Cruz da PCCE. Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão em três endereços pertencentes ao médico.

Os detalhes do caso foram divulgados na sexta-feira, em coletiva de imprensa, realizada na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará.

“É uma resposta rápida que a Polícia Civil dá. Um trabalho célere e eficiente, mas na verdade, é o início. Tem muito material a ser analisado, tendo outras possíveis vítimas identificadas. Também a partir da análise, outras vítimas que ainda não forem identificadas podem ser relacionadas. O trabalho vem sendo desenvolvido em parceria entre as delegacias de Cruz e Uruburetama, e será dada total prioridade para que possamos, dentro dos prazos legais, identificar essas vítimas, ouvir testemunhas, acelerar os procedimentos e dar a resposta que toda a sociedade cearense é merecedora”, declarou secretário da Segurança Pública, André Costa.