A Polícia Militar do Ceará (PMCE) deteve um homem de 48 anos, que se passou por profissional de segurança pública e portava documentos de um tenente da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP). O fato aconteceu em um estabelecimento comercial, em Salitre, na noite do úlitmo sábado (18).

A captura ocorreu durante diligências realizadas para a fiscalização do cumprimento de decretos de combate à Covid-19. Dois policiais militares foram abordados por um indivíduo, que se identificou como tenente da PM do Estado de São Paulo. Durante a ação, o homem apresentou um documento de identificação oriundo daquele estado. Porém, a equipe argumentou ao homem quais informações constavam no documento e de sua qualificação oficial. O indivíduo não soube responder e confessou não ser policial. Ele disse ainda que a carteira seria de terceiros e o documento foi encontrado na cidade de São Paulo.

Com o homem, foram apreendidos um simulacro de arma de fogo, um porta-cédula com distintivo da PMESP e documentos. Os policiais militares conduziram o indivíduo ao plantão da Delegacia Regional do Crato da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE). Na unidade policial, ele confessou residir em Osasco (SP), onde trabalha como vigilante. A Polícia Civil lavrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) em desfavor do homem pelos crimes de falsa identidade e desobediência. Agora, o homem, que não tinha antecedentes criminais no Ceará, terá que prestar esclarecimentos à Justiça do Estado cearense.