Uma ação realizada pela Delegacia Metropolitana de Maracanaú da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), na tarde desta sexta-feira (14), resultou no cumprimento de um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem. O alvo da ordem judicial expedida pela Comarca de Maracanaú é suspeito de uma tentativa de homicídio e de integrar um grupo criminoso com atuação no tráfico de drogas na região da Munguba, na Área Integrada de Segurança 12 (AIS 12) da Região Metropolitana de Fortaleza.

A equipe de policiais civis do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Metropolitana de Maracanaú deu início às diligências após a emissão do mandado de prisão preventiva em desfavor de Francisco Jeferson Batista Lopes (25), conhecido como “Chico Dé”. O homem é investigado ainda, por fazer parte de um grupo criminoso, que atuava na região da Munguba, em Maracanaú, mesmo local em que realizou a ação criminosa contra a vítima. O suspeito foi preso em sua residência, localizada em Pacatuba (AIS 24), no início da tarde de hoje. Não houve resistência.

Tentativa de homicídio

Francisco e um adolescente de 16 anos, já falecido, são suspeitos de uma tentativa de homicídio de uma mulher de 42 anos. A ação criminosa ocorreu em Munguba, no dia 6 de julho de 2021. A dupla agrediu a mulher em razão de uma dívida de tráfico de drogas, oriunda do companheiro dela. À época, a vítima foi socorrida e atendida em uma unidade hospitalar da região.

Com o cumprimento da prisão preventiva realizada pela Polícia Civil, agora Francisco encontra-se à disposição da Justiça.