Foto: Reprodução Instagram

Um estudante de Fortaleza foi denunciado por aliciar uma menina de 10 anos, moradora da cidade de Suzano, Região Metropolitana de São Paulo. De acordo com a mãe da criança, ela chegou a se passar pela filha em conversas em uma rede social, para conseguir reunir provas contra o acusado.

A esteticista, Tatiane Soriano, registou um Boletim de Ocorrência (BO) na Delegacia da Mulher na cidade de Suzano, em São Paulo. Ainda de acordo com a mãe da vítima, o suspeito teria pedido à sua filha de 10 anos, fotos das partes íntimas.

O estudante comentou as publicações da vítima no aplicativo de vídeo “TikTok” na semana passada e logo depois enviou uma mensagem no privado. A Policia Civil do Ceará informou por meio de nota que apura o caso. A investigação está sendo feita pelo o Núcleo de crimes cibernéticos da Policia Civil do Ceará e da Delegacia de Combate à exploração da criança e do adolescente.