Foto: Divulgação

Os esforços das Forças de Segurança do Ceará resultaram, em todo o ano de 2021, na redução de 18% nos índices de homicídios dolosos/feminicídios, latrocínios e nas lesões corporais seguidas de morte, em todo o território cearense. É o segundo melhor resultado dos últimos dez anos, conforme dados extraídos pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp). Valorização dos profissionais de segurança, fortalecimento da inteligência, aquisições de novos equipamentos, interiorização do trabalho especializado e um investimento de cerca de R$ 250 milhões, só em 2021, pelo Governo do Ceará estão por trás desse balanço positivo.

De acordo o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron, o resultado positivo “é fruto de um aumento nas ações ostensivas da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e também nas investigações e prisões qualificadas realizadas pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE)”, disse. Ele destacou ainda o número positivo em comparação aos anos anteriores. “Tivemos em 2021, o segundo menor número de mortes violentas e isso mostra que estamos no caminho certo”, afirma.