Termina nesta segunda-feira, 30, o mutirão para exames de endoscopia, que conta com a participação da Prefeitura de Fortaleza em parceria com a Sociedade Cearense de Endoscopia. A atividade, iniciada no último dia 15 de julho, envolve 11 entidades entre hospitais e clínicas particulares. Os objetivos são conscientizar a população para a importância do procedimento.

O mutirão, que também celebrou o Dia do Endoscopista (25 de julho), já realizou, até agora, 172 exames de endoscopia digestiva alta, que, através de uma câmera, permite a visualização da parte superior do trato gastrointestinal (esôfago, estômago e duodeno). Os encaminhamentos foram realizados por meio da Secretaria Municipal da Saúde, através dos postos de saúde.

O procedimento pode ajudar a identificar os motivos de sintomas sem causa definida, incluindo azia persistente, dificuldade de deglutição e sangramento. O exame também pode ser solicitado para pessoas que tenham histórico de câncer de estômago na família ou condições que propiciem o aparecimento da doença.

Para o gerente da Central de Regulação de Fortaleza, Mozart Rolim, ” o exame endoscópico é essencial para o diagnóstico seguro de doenças do aparelho digestivo e, através dessa parceria, conseguimos disponibilizar mais exames e garantir o atendimento a população”.

Participam da iniciativa Prontoclínica de Fortaleza, Hospital Cura D’ars, Hospital Gênesis, Instituto de Clínica e Endoscopia, Endoscopy, Premiere Medicina e Saúde, Clínica Progastro, Hospital Jorio da Escossia, Clínica Gastrosul, Digestive Center, Centro Avançado de Gastroenterilogia e Endoscopia (CAGE).