Paciente 800 curado
Foto: DIvulgação

O hospital de campanha de Fortaleza, instalado no Estádio Presidente Vargas, registrou na manhã desta sexta-feira (05/06) a alta do paciente de número 800, entre os fortalezenses que venceram a Covid-19.

O paciente Eduardo Araújo, 43 anos, ficou internado por 10 dias no unidade de saúde do PV e hoje recebeu a boa notícia da alta hospitalar. “É um momento inexplicável. Pensei que não fosse sobreviver, achei que tinha chegado a minha vez, mas Deus me deu uma nova chance de vida. Sou muito grato a Deus e a essa equipe médica que me tratou super bem. Vou pedir que Deus abençoe a todos”, comentou emocionado ao sair do hospital de campanha.

A secretária municipal da Saúde, Joana Maciel, ressaltou a importância do equipamento neste período. “É um marco extremamente importante. O hospital foi criado em um momento muito oportuno. O pico da doença foi a partir do dia 30 de abril. Ou seja, quando mais precisamos do hospital de campanha ele já estava com 12 dias de funcionamento. Hoje, estamos celebrando a alta e a cura do paciente número 800 e esse equipamento, dentre tantas outras ações, foi fundamental para o enfrentamento à Covid-19 como parte do Plano de Contingência do Município de Fortaleza”, ressaltou.

Nesta semana, o hospital de campanha também alcançou a marca de 1.000 pacientes acolhidos, em menos de dois meses de funcionamento. Os primeiros pacientes deram entrada no dia 18 de abril. Já no dia 20, dois dias após a internação, uma mulher de 69 anos foi a primeira a receber alta por ter superado a Covid-19.

O equipamento foi construído em tempo recorde, menos de um mês, para atender aos pacientes portadores do novo coronavírus, de baixa e média complexidade, sendo entregue em 25 dias. O hospital teve parte dos leitos destinada a pacientes graves, de acordo com a demanda interna. Ou seja, aqueles pacientes que precisam de ventilação mecânica podem contar com o suporte adequado, já que 100% dos leitos da unidade possuem estrutura para gases medicinais.

Número de leitos

O pico de casos em Fortaleza teve início no dia 30 de abril, quando o hospital já tinha 12 dias de operação. O Hospital de Campanha chegou a ter uma alta taxa de ocupação, recebendo 48 pacientes no mesmo dia, uma média de duas novas internações por hora.

O Hospital de Campanha do Estádio Presidente Vargas conta com 280 leitos de internação, sendo cinco blocos de 56 leitos, com possibilidade de ampliação de mais 56 leitos. O local também possui refeitório, cozinha industrial, além de espaços adequados para o descanso e a higienização dos profissionais.