Na quarta-feira (21), feriado de Tiradentes, Fortaleza iniciou a campanha de vacinação contra a Covid-19 em idosos a partir de 60 anos. Além dos idosos dessa faixa etária, a vacinação segue entre os demais acima dessa idade, cadastrados anteriormente.

Durante o ontem, a vacinação ocorreu em 42 postos de saúde para aplicação da primeira dose. Paralelamente, também foram aplicadas a segunda dose nos quatro centros de vacinação já disponíveis (shoppings RioMar Kennedy e RioMar Fortaleza, Centro de Eventos e Arena Castelão), entre idosos e trabalhadores da saúde agendados. Ao todo, Fortaleza contou com 46 espaços destinados exclusivamente para a campanha contra a Covid-19.

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), acompanhou, na manhã de ontem, o início da nova fase da campanha de vacinação no posto de saúde Argeu Hebster, no bairro Bom Jardim. “Com muita alegria, a gente inicia hoje a faixa etária de quem tem 60 anos. Hoje, nós estamos programados para atender cerca de 21 mil fortalezenses”, declarou Sarto.

Em comemoração ao avanço da vacinação, Sarto, que é médico, vacinou o idoso Elias Pereira. Na ocasião, o prefeito aproveitou para atualizar os dados da campanha. “Nós já vacinamos quase 300 mil pessoas acima de 60 anos. Da primeira fase, acima de 75 anos, nós já vacinamos 100 mil e, agora, vamos passar dos 200 mil da segunda fase, que é de 60 a 74 anos”, detalhou.
O prefeito também parabenizou, mais uma vez, as equipes da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) pela celeridade da campanha de vacinação na capital. “Assim que a vacina chega, bateu no aeroporto, a gente distribui. E a gente tem uma capacidade instalada de, em mutirão, vacina até 50 mil pessoas se for necessário. Se tiver vacina, a gente tem capacidade vacinar até 50 mil pessoas por dia”, ressaltou.

Vacinômetro
Conforme a última atualização da Prefeitura de Fortaleza, até a última segunda-feira (19), já foram vacinadas 382.270 pessoas com a primeira dose da vacina. Destas, 159.455 já estão asseguradas com o reforço da segunda dose. Ao todo, mais de 541 mil doses já foram aplicadas desde o início da campanha, iniciada no dia 18 de janeiro. Do grupo da segunda fase, composto de idosos até 74 anos, cerca de 75% do público já recebeu pelo menos a primeira dose da vacina.

Agendamentos
A prefeitura de Fortaleza informa que continua organizando a vacinação por agendamento, a partir dos cadastros realizados na plataforma Saúde Digital (https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br), da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). No caso dos idosos que não têm acesso à internet ou possuem dificuldades em realizar seu cadastro, a prefeitura diz que atua diariamente com a busca ativa deste público, por meio das equipes da Estratégia da Saúde da Família (ESF), orientando sobre o cadastro para vacinação. A relação dos agendados é publicada diariamente no site https://coronavirus.fortaleza.ce.gov.br. O idoso também deve ficar atento às mensagens via e-mail e WhatsApp.

Leitos
Ainda na manhã de quarta-feira (21), o prefeito José Sarto realizou a entrega de mais 10 leitos de UTI destinados a pacientes internados com Covid-19 no hospital Instituto Doutor José Frota 9IJF) 2. “Na verdade, estamos transformando 10 leitos de enfermaria em UTI. Isso aconteceu graças à doação que nós recebemos de 70 respiradores, dos quais 20 vieram para o IJF”, explicou Sarto durante transmissão ao vivo em suas redes sociais.

Segundo o prefeito, somado aos demais leitos, já foram entregues 943 leitos somente para a Covid-19. “Lembrando que, no pico passado, a prefeitura entregou 791. E nós já estamos extrapolando esse quantitativo e nós vamos ampliar mais e vamos chegar a 1.129 leitos entregues”, informou.

Com os equipamentos entregues ontem, no IJF, Fortaleza soma 157 entre UTIs e leitos com suporte ventilatório, também superior a quantidade criada no ano passado, quando o total chegou a 155. A ampliação faz parte da estratégia de combate à Covid-19 executada pela Prefeitura, que combina a integração das redes assistenciais de atenção primária, secundária e terciária, acolhendo pacientes de forma humanizada, garantindo equipamentos e insumos diariamente.

Sarto lembrou que a expansão dos leitos ocorre em paralelo à vacinação. “Neste 21 de abril, celebramos a luta pela independência e a gente quer libertar o nosso povo desse vírus e o caminho é a vacinação. Nós temos feito a vacinação de uma maneira muito rápida. Fortaleza tem capacidade instalada de vacinar até 50 mil pessoas por dia em regime de mutirão”, assegurou.