Foto: Divulgação

A nutrição desempenha papel importante tanto na prevenção quanto no tratamento de doenças crônicas, como as cardiovasculares. No Setembro Vermelho, mês dedicado para a prevenção de doenças cardíacas, o Mundo Verde – rede de alimentos saudáveis e orgânicos – apresenta uma lista de seis alimentos para incluir na rotina alimentar que contribuem para a saúde do coração.

A nutricionista do Mundo Verde, Priscila Gomes, destaca algumas atitudes que podem prevenir e reduzir o risco de desenvolver doenças cardiovasculares. “Manter-se ativo com atividade física pelo menos três vezes por semana, alimentação saudável e equilibrada, com redução do consumo de sal nas refeições, assim como alimentos industrializados e ultraprocessados, dormir bem e o controle do estresse são importantes para se ter um coração saudável”, orienta.

Confira os seis alimentos e seus benefícios:

  1. Abacate

Excelente fonte de gorduras monoinsaturadas, gordura saudável, associadas à redução de LDL colesterol (ruim) no sangue e ao menor risco de doença cardíaca, quando consumida com moderação.

  1. Oleaginosas

Fonte de gorduras saudáveis, como o ômega 3. Melhora a função vascular em diabéticos, aumentando a sensibilidade à insulina. Lembrando que excesso de glicose, também prejudica as artérias e vasos sanguíneos, assim como as gorduras saturadas.

  1. Berries

Ricas em antioxidantes, as berries são excelentes escolhas para a saúde cardíaca. Invista o consumo em frutas vermelhas e arroxeadas, pois possuem boas concentrações de polifenóis, favorecem o aumento do HDL colesterol (bom), auxilia na redução da pressão arterial, além de oferecer vitaminas A, C, E e carotenoides.

  1. Vegetais verde-escuros

Fontes de magnésio, cálcio e potássio, variando as quantidades entre um e outro, mas quando consumidos com frequência, garantem o aporte desses minerais, que atuam juntos para regulando a pressão arterial, melhorando o ritmo e a contração do músculo cardíaco.

  1. Aveia

Rica em fibra solúvel, possui alta concentração de betaglucana. Auxilia na redução dos níveis do colesterol, prevenindo doenças cardiovasculares.

Pode ser utilizada na forma de farelo, farinha e em flocos, adicionadas em frutas como: banana, mamão, maçã, pera, morango e outras.

  1. Ômega 3

Ômega 3 é um conjunto de gorduras, entre elas o EPA e o DHA, considerados ácidos graxos poli-insaturados. Em estudos o Ômega 3 mostrou-se eficaz na diminuição significativa de morte cardiovascular e risco cardiovascular nos indivíduos que fizeram uso do Ômega 3.

As concentrações de EPA se mostram eficazes para reduzir triglicerídeos e potencialmente estabilizar membranas celulares reduzindo a inflamação e a oxidação.