vacina gripe
Foto: Divulgação

O Ceará alcançou na tarde de quarta-feira, 6 de junho, a meta de 90% de cobertura vacinal da Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza 2018. Com 1.713.512 doses aplicadas desde 20 de abril, cumpriram a meta entre os grupos populacionais prioritários que contam para o cálculo da cobertura aqueles formados pelos professores (115,29%), trabalhadores da saúde (108,17%), puérperas (101,32%), indígenas (92,87%) e idosos (91,04%).

As gestantes estão com cobertura vacinal de 81,35%. Entre as crianças, a cobertura está em 80,24%, com a ressalva de que a faixa de seis meses e menores de 2 anos alcançou cobertura de 94,93%, enquanto que as de 2 anos a menores de 5 anos estão em 72,81%. Esses dois grupos devem alcançar a meta até 15 de junho, quando a campanha será encerrada.

O Ceará é o primeiro do Nordeste e o terceiro do país a alcançar a meta de cobertura vacinal, depois de Goiás e do Amapá. Para a vacinação de toda a população prioritária, de 1.903.955 pessoas, ainda faltam ser vacinadas 9.588 crianças de seis meses a menores de 2 anos, 104.180 crianças de 2 anos a menores de 5 anos, 17.639 gestantes, 1.853 indígenas e 82.899 idosos. Com a inclusão dos grupos prioritários que não contam para o cálculo da cobertura, que incluem a população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e as pessoas com comorbidades, o Ceará vacinou 2.083.028 pessoas.

Entre os 184 municípios cearenses, 129 alcançaram a meta de 90% de cobertura vacinal. Destes, 68 atingiram a meta em todos os grupos prioritários da campanha. Outros 36 municípios estão com cobertura vacinal entre 80% e menos de 90% e 19 estão com cobertura vacinal abaixo de 80%.