covid-19
Foto: Divulgação

O Brasil superou a marca de dois milhões (2.243.124) de pessoas recuperadas da Covid-19. Além disso, o número de curados é superior à quantidade de casos ativos (763.480), que são os pacientes que estão em acompanhamento médico. Os dados são do Ministério da Saúde e foram atualizados nesta terça-feira (11) com informações enviadas pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde.

O registro de pessoas curadas já representa mais da metade do total de casos acumulados (72,1%).

Quem venceu a doença e faz parte dessas estatísticas sabe a importância do tratamento e da recuperação. Elda Maria Carvalho Rezende dos Reis, 52 anos, foi diagnosticada com Covid-19 e passou dez dias internada. A emoção foi grande ao receber a alta e Elda saiu sob aplausos dos profissionais do Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT).

“Gostaria de agradecer essa família que encontrei aqui. Tudo o que vocês fizeram por mim, eu jamais poderei agradecer. O que cura é o amor, o carinho com que fui tratada”, disse.

No Ceará, Mário Barbosa, 45 anos, pode sair do hospital comemorando e sob aplausos da equipe de saúde, a quem agradeceu pelo tratamento. “Agradeço primeiro a Deus. Segundo, a todos vocês, dos serviços gerais até à administração. Aqui, encontrei seres humanos, caridade, honestidade em tudo o que fazem. Vocês não estão aqui à toa”, disse ao passar pelo corredor onde estavam a postos os profissionais do Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará (UFC), onde ficou seis dias internado.

Os hospitais onde os pacientes foram tratados são administrados pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que é vinculada ao Ministério da Educação.

De acordo com o Ministério da Saúde, o novo coronavírus chegou a 98,8% dos 5.570 municípios brasileiros. Mais da metade das cidades (3.838) têm entre 2 e 100 casos. Em relação aos óbitos, 3.627 municípios tiveram registros (65,1%), sendo que 768 deles apresentaram apenas um óbito confirmado.