zezinho Política
Foto: Divulgação

O deputado estadual Zezinho Albuquerque (PDT) foi reeleito presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE) nesta quinta-feira (1º) ao vencer a chapa do deputado Sérgio Aguiar (PDT) por 27 votos a 18, e garantiu permanência à frente da casa para o biênio 2017-2018.

Zezinho é apoiado pelo governador Camilo Santana (PT) e pelos ex-governadores Cid e Ciro Ferreira Gomes. A disputa pelo comando da ALCE provocou um rompimento da aliança dos Ferreira Gomes com Domingos Filho, eleito presidente do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará (TCM), nesta quinta-feira (1º) por 4 a 3.

Votação

Um a um, os deputados foram chamados nominalmente, receberam envelope e cédula de votação, se dirigiram à sala destinada aos radialistas e, em seguida, depositavam o voto na urna colocada no centro do plenário.

A chapa vencedora precisava obter o mínimo de 24 votos em primeira votação.

Antes da votação, candidatos e representantes das duas chapas defenderam seus grupos.

Pouco antes do início da votação, a deputada Dra. Silvana pediu que os deputados não levassem os celulares para a sala destinava à votação. “Circulou que os deputados estariam sendo constrangidos a fotografar o voto”, justificou.

O pedido foi rejeitado por Zezinho. “Jamais vamos policiar qualquer deputado e voto. Cada um sabe o que está fazendo”, respondeu. Já durante a votação, o deputado Danniel Oliveira, atual 2º vice-presidente, repetiu: “não precisa levar o telefone”.

Perfil

José Albuquerque, mais conhecido como Zezinho Albuquerque, é empresário e foi eleito deputado pela primeira vez em 1990. No último pleito, em 2014, foi reeleito para o sétimo mandato na Assembleia Legislativa. Exerceu a presidência da Assembleia no biênio 2013-2014, e foi reeleito no biênio 2015-2016.

Chapa eleita para biênio 2017-2018

Presidente: Zezinho Albuquerque (PDT)
1º vice-presidente: Tin Gomes (PHS)
2º vice-presidente: Manoel Duca (PDT)
1ª secretário: Audic Mota (PMDB)
2º secretário: João Jaime (DEM)
3º secretário: Júlio César Filho (PDT)
4ª secretária: Augusta Brito (PCdoB)
1º suplente: Robério Monteiro (PDT)
2º suplente: Ferreira Aragão (PDT)
3º suplente: Bruno Pedrosa (PP)

Chapa concorrente
Presidente: Sérgio Aguiar (PDT)
1º vice-presidente: Joaquim Noronha (PRP)
2º vice-presidente: Danniel Oliveira (PMDB)
1ª secretária: Aderlândia Noronha (SD)
2º secretário: Gony Arruda (PSD)
3º secretário: Ely Aguiar (PSDC)
4ª secretário: Roberto Mesquita (PSD)
1º vogal: Fernanda Pessoa (PR)
2ª vogal: Dra. Silvana (PMDB)
3º vogal: Bruno Gonçalves (PEN)