O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará lança oficialmente,esta semana, a campanha de revisão eleitoral com biometria nos municípios de Nova Russas e Ararendá (pertencentes à 48ª Zona), e Tamboril e Monsenhor Tabosa (61ª Zona).

Nesta sexta, às 10 horas, o juiz auxiliar da Presidência, Rommel Conrado, estará em Nova Russas para a audiência pública de instalação da biometria e, às 14 horas, em Tamboril. O objetivo da solenidade é esclarecer à população sobre a importância da identificação biométrica e os prazos de realização da campanha revisional.

Em Nova Russas, dos 24.293 eleitores do município, 11.197 ainda precisam comparecer ao cartório eleitoral para o recadastramento através da coleta de dados biométricos. Já em Ararendá, 7.201 dos 8.919 eleitores terão que procurar o cartório. Em Tamboril, 12.196 eleitores, dos 21.380, ainda não fizeram a biometria, e Monsenhor Tabosa, faltam apenas 2.548 dos 15.403 eleitores coletarem as digitais. Os trabalhos de revisão biométrica se estenderão até 30 de agosto em Nova Russas e Ararendá, até 27 de setembro em Tamboril e 12 de julho em Monsenhor Tabosa.

No processo de revisão biométrica, os eleitores são obrigados a fazer o recadastramento através da coleta de dados biométricos. Se perderem o prazo, terão o título cancelado e ficam impedidos de tirar passaporte, fazer matrícula em instituições de ensino superior, pedir empréstimos em bancos públicos e podem ainda ter implicações no CPF.

Os eleitores precisam levar um documento de identificação oficial com foto e o comprovante de residência atualizado.