Foto: Reprodução

Nos três primeiros dias do mês de setembro, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE/CE) recebeu 50 Representações de propaganda supostamente irregular, praticada em programa eleitoral em rádio e TV, por invasão de propaganda eleitoral da coligação majoritária no espaço destinado aos candidatos à eleição proporcional.

Ao todo, desde janeiro deste ano, foram recebidas 78 Representações por propaganda (antecipada ou no período autorizado).

O Juizado Auxiliar da Propaganda, composto pelos juízes suplentes do Pleno Daniela Lima da Rocha (coordenadora), Demétrio Saker e José Vidal Silva Neto, é responsável pelas decisões desde 1º de julho deste ano até a diplomação dos eleitos. Fora desse período, os processos são distribuídos aos membros da Corte do TRE.