leonel-aondee Política
DIVULGAÇÃO/CÂMARA MUNICIPAL

Dois ex-vereadores de Fortaleza, que renunciaram aos mandatos após serem acusados de desvios de verba, o Aonde É, e Leonelzinho Alencar, querem voltar a ocupar cadeiras na Câmara Municipal. Antônio Farias de Souza, o Aonde É, disputa pelo PTB e Leonelzinho Alencar pelo PROS. Os partidos políticos dos respectivos postulantes solicitaram o registro de candidatura à Justiça Eleitoral.

O promotor de Justiça da 118ª Zona Eleitoral, Ricardo Memória já deu entrada, nesta tarde, no pedido de impugnação do registro da candidatura do Aonde É, que agora quer se apresentar ao eleitorado como André Farias. Quanto ao registro da candidatura de Leonelzinho Alencar, o representante do Ministério Público já está concluindo o pedido de impugnação.

Em junho do ano passado, Leonelzinho renunciou o mandato na Câmara Municipal após ser acusado pelo Ministério Público de cometer alguns crimes, dentre eles o de se apropriar de dinheiro que assessores do seu gabinete recebiam da Casa, como pagamento mensal de seus serviços. Ele chegou a ser afastado das funções por 180 dias por decisão judicial.

Já Aonde É renunciou em maio de 2015. Ele enfrentava um processo disciplinar no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar por provocação de promotores de Justiça que o acusavam de desvios de recursos públicos ao se apropriar do salário de assessores e utilizar indevidamente da Verba de Desempenho Parlamentar.

As acusações contra ele tiveram início em agosto de 2014 quando os promotores receberam queixas de assessores do vereador.

Fonte: Diário do Nordeste