Foto: Máximo Moura

O parlamentar declarou nesta quinta-feira (7) que será oposição ao governo de Camilo Santana, mas que votará favorável aos projetos que beneficiem a população, independente de partido. “Por trás de cada voto existe alguém que está se sentindo representado. Por isso, assumo a responsabilidade e o compromisso de votar acima de partido e em benefício do povo cearense”, afirmou.

André Fernandes acrescentou que dedicará o mandato a “lutar contra a bandidagem”, bem como para apoiar o trabalho da Polícia Militar e da Polícia Civil. Ele também destacou a necessidade de investimento em inteligência nos órgãos de segurança do Estado, para conter o avanço e a atuação do crime organizado.

O deputado garantiu que manterá as portas do gabinete abertas para acolher sugestões de projetos de lei, demandas e denúncias comprovadas contra ilícitos. Ele também afirmou que denunciará qualquer prática ou tentativa de corrupção. “Não estou acusando ninguém, mas, no dia em que alguém chegar ao meu gabinete para oferecer dinheiro para qualquer que seja o motivo, eu venho em plenário e coloco em público. Não venham no meu gabinete oferecer dinheiro”, assinalou.

André Fernandes ainda revelou que vai dispensar parte da Verba de Desempenho Parlamentar (VDP). “Não vou abrir mão de toda a VDP. Vou abrir mão daquilo que acho privilégio exagerado. Abro mão da locação de veículo terrestre. Recebi ajuda de custo no valor de R$19 mil. Amanhã estou indo doar esse valor e vou publicar nas redes sociais.”

Em aparte, a deputada Dra. Silvana (PR) afirmou que não faz parte da conduta dos parlamentares da Casa receber valores. “Deixo o mais claro possível que jamais recebi e que não existe esse costume que o senhor denunciou. Você fez uma afirmação pública e eu tenho que defender esta Casa”, salientou.

Também em aparte, o deputado Delegado Cavalcante (PSL) parabenizou a eleição de André Fernandes e realçou que ambos realizaram uma campanha defendendo uma nova política e o pensamento do presidente da República, Jair Bolsonaro.