Foto: DIvulgação

A Polícia Civil, desarticulou uma organização criminosa em Sobral, após deflagrar, na manhã de quinta-feira (19). A ação, desenvolvida pelo Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas (NCTD) de Sobral, cumpriu 27 mandados de prisão e busca e apreensão contra suspeitos de integrarem uma organização criminosa, envolvida em crimes como tráfico de drogas, homicídios, porte e posse ilegal de arma de fogo, receptação. Treze pessoas foram capturas, sendo oito mulheres e cinco homens. Entre os presos, está uma acadêmica de Direito, que estagiou no Fórum da cidade e seria responsável por captar e repassar informações sigilosas do Sistema de Segurança e do Poder Judiciário para os criminosos. A ação é resultado de uma investigação desenvolvida há cerca de cinco meses.

Conforme o delegado Ricardo Magalhães, titular do NCTD de Sobral, o principal alvo da operação trata-se de Gerciany de Lima Marques (22), que era investigada por tráfico de drogas. A mulher é acadêmica de Direito e estagiou, no início de 2019, no Fórum de Sobral. Ela é suspeita de repassar informações sigilosas para os criminosos. O delegado explicou ainda que a mulher fotografava os policiais e enviava as fotos deles para o namorado, um traficante na região. “A Gerciany se aproveitava do acesso que tinha aos procedimentos, devido a função que exercia como estagiária, e repassava informações aos criminosos”, revelou Ricardo.

Os outros presos são: Antônia Cristina do Nascimento (29); Carlos Gilson Nascimento Guilherme (20), vulgo “Carneirinho”, que já responde por tráfico de drogas, crime contra a incolumidade pública e porte ilegal de arma de fogo; Daiana Sousa Silva (29); Elisabete Silva de Souza (28), conhecida como Beth”; Francisco Edgleyson Rodrigues de Sousa (30), o “Salomé”, que já responde tráfico de drogas; Iuri da Costa Albuquerque (26), que já responde por tráfico de drogas; José Edson da Silva (33), vulgo “Edinho”; Layanna da Silva Cavalcante (24), a “Lay”, que responde por posse ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas; Maria Betânia de Araújo do Nascimento (35); Natasha Maria Furtado Domingues (25), que já responde por tráfico de drogas; Rozane da Silva Sales (32), vulgo “Miúda”, que já responde por tráfico de drogas; e Yasmin da Silva Santos (19), que tem antecedente por tráfico de drogas.

A Polícia Civil cumpriu ainda três mandados de prisão na Penitenciária Industrial Regional de Sobral em desfavor de Francisco de Assis do Nascimento Gomes (34), vulgo “Diaço”, que já responde por roubo com restrição de liberdade da vítima, ameaça, homicídio, furto, contravenção penal, porte ilegal de arma de fogo, receptação e roubo; Fábio Silva Melo (39), o “Fabinho” ou “Gago”, que tem passagem na Polícia por tráfico de drogas e tentativa de homicídio; além de José Wilson da Silva Alves (25), o “Wilsinho”, que responde por homicídio.

Contra todos eles, foram cumpridos mandados de prisão preventiva solicitados pela PCCE junto ao Poder Judiciário de Sobral. Ainda durante a ação policial, diversos aparelhos celulares foram apreendidos. As investigações seguem no sentido de identificar e capturar outros envolvidos na organização criminosa.