Ministério Público discute retorno de bolsões em dias de grandes jogos em Fortaleza

O Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (NUDTOR) do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) realizou, na manhã desta quinta-feira (01), uma reunião com órgãos estaduais, municipais e representantes de torcidas organizadas para a preparação do esquema de segurança para o 1º Clássico-Rei de 2018. Os times do Ceará e Fortaleza se enfrentam neste domingo (4), às 18h, no estádio Castelão, pelo Campeonato Cearense.

Neste domingo (4), quando os times irão se enfrentar, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) atenderá ao pedido do MPCE e disponibizará agentes para orientar o tráfego. Porém, o promotor de Justiça titular do NUDTOR, Antônio Edvando Elias de França, declarou estar empenhado em promover a volta dos bolsões de estacionamentos em dias de grandes jogos.

A medida tem a finalidade de evitar conflitos futuros entre torcidas organizadas, a exemplo do que ocorreu durante a Copa do Mundo 2014, com linhas especiais criadas para o evento. Para tanto, o assunto será discutido no próximo dia 20, às 10h, na sede do NUDTOR, com participação da Prefeitura de Fortaleza, Polícia Militar e Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).

Edvando França adiantou que a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) já acenou positivamente à criação dos bolsões. “Isso é a grande solução para minimizar os atritos no entorno e nos terminais de ônibus. Há grandes problemas generalizados, para além do acesso ao estádio. Vamos ter outros jogos importantes com multidões e precisamos estar preparados para o enfrentamento aos distúrbios”, comentou.

Torcidas

Em relação às torcidas organizadas, o promotor chamou atenção pela responsabilidade compartilhada pela segurança. Ele observou que há uma mistura entre torcidas, permitindo a infiltração de elementos que dificultam o trabalho da polícia, causando terror.

“Vamos cobrar delas, bem como das outras instituições. Cada parceiro tem seu papel e responsabilidade na construção da paz social. A Polícia Militar estará reforçada no domingo e a AMC confirmou presença e tentamos nos cercar de todos os cuidados por ser difícil controlar os ânimos e o jogo de empurra”, ressaltou.