Fiação subterrânea Fortaleza
Foto: Divulgação

A Prefeitura de Fortaleza estabeleceu um cronograma com metas para que empresas de energia elétrica, telefonia, internet e similares façam a transferência da rede aérea para subterrânea em vias com infraestrutura necessária já existente. Trechos das avenidas Beira Mar, Dom Luís, Desembargador Moreira e Aguanambi, além do entorno do Pólo Gastronômico da Varjota, devem receber as melhorias até o mês de novembro.

A medida dá prosseguimento ao planejamento urbano previsto para a capital nos próximos 15 anos, por meio do Código da Cidade. “Com esta ação estaremos diminuindo a poluição visual destas importantes vias, pois em muitos trechos temos grande quantidade de fios. Também estamos colaborando para a melhoria destes serviços, pois demandará menos manutenção”, afirma o coordenador de Parcerias Público-Privadas de Fortaleza, Rodrigo Nogueira. “Após a publicação oficial do Código da Cidade, foram feitas várias reuniões com as operadoras de comunicação e com a Enel. Chegamos ao consenso entre cronograma de obras da Prefeitura e das empresas envolvidas”, pontua.

Em caso de descumprimento, as concessionárias devem pagar multa ao Município, conforme previsto no artigo 515, da Lei nº 270/2019.

Confira abaixo o cronograma publicado:

Avenida Aguanambi
Trecho entre a avenida 13 de Maio e a avenida Domingos Olímpio, equivalente a 2,4 quilômetros, deve receber as mudanças até 30 de setembro de 2020;

Pólo Gastronômico da Varjota
A rua Ana Bilhar (trecho entre a avenida Virgílio Távora e a rua Manuel Jesuíno) e Rua Frederico Borges (trecho entre a rua Antônio Justa e a avenida Dom Luís), equivalente a 6 quilômetros, deve ter instalação subterrânea até 31 de outubro de 2020;

Avenida Beira Mar
O trecho entre o Mercado dos Peixes e a avenida Rui Barbosa, com 6,4 quilômetros, deve receber as alterações até 30 de novembro de 2020;

Avenida Dom Luís
O trecho entre a avenida Engenheiro Santana Júnior e a rua Tibúrcio Cavalcante, equivalente a 5,2 quilômetros, deve ter novas instalações até 30 de novembro de 2020;

Avenida Desembargador Moreira
O trecho entre a Avenida da Abolição e a avenida Dom Luís, com 3 quilômetros, deve ter modificações na instalação de fios condutores até 30 de novembro de 2020.