Foto: Divulgação

A Prefeitura de Fortaleza vem executando o plano de ação para melhorar a iluminação pública na cidade, realizando a troca dos equipamentos antigos, com luz amarela, para equipamentos mais modernos com luz branca, fazendo também a manutenção de pontos apagados à noite ou acesos durante o dia. Atualmente, o Parque de Iluminação da cidade é composto por um total de 203.882 pontos de luz, dos quais cerca de 95,4% são de luz branca e, em alguns locais, com equipamentos em LED, proporcionando mais qualidade de vida para a população.

Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Coordenadoria Especial de Iluminação Pública, o trabalho de requalificação é constante e é feito por quadriláteros, sendo realizado em praças, no entorno de equipamentos públicos, binários, novas faixas para pedestres, estações de bicicletas compartilhadas, pontos de ônibus, Areninhas e avenidas.

Para se ter uma ideia, de janeiro deste ano até agora, 3.550 pontos de iluminação foram modificados de luz amarela para luz branca e outros 1.763 novos pontos de luz foram implantados na cidade. Com esse avanço, hoje o Parque de Iluminação de Fortaleza é composto por um total de 203.882 pontos de luz, dos quais 194.539 são de iluminação branca, ou seja, isso quer dizer que cerca de 95,4% do Parque de Iluminação da cidade é formado por iluminação branca e, em alguns locais, com luz de LED, proporcionando mais qualidade de vida para população.

O coordenador especial de Iluminação Pública, Cândido Martins, explica que as obras de mobilidade em execução na Avenida Mozart Lucena, importante eixo de conexão entre os bairros Quintino Cunha, Vila Velha, Jardim Guanabara e Barra do Ceará (Regional 1), também estão permitindo a requalificação dos pontos de luz nesta região. “Aqui na Avenida Mozart Lucena, por exemplo, fica nítido que o aperfeiçoamento da iluminação incentiva a convivência entre as pessoas, melhora o ir e vir diário e a integração com os espaços públicos, que passam a ser melhor ocupados, recebendo o zelo da população. As vias e praças, como a do Conjunto Polar, ganham melhor visibilidade à noite, resultando em benefícios para pedestres e pessoas com mobilidade reduzida, além de proporcionar um trânsito geral mais fluido no entorno”, afirma o coordenador.

De janeiro até agora, já foram beneficiados os bairros Aerolândia, Aeroporto, Autran Nunes, Barra do Ceará, Barroso, Bela Vista, Benfica, Bonsucesso, Cajazeiras, Carlito Pamplona, Centro, Cidade dos Funcionários, Dias Macedo, Dom Lustosa, Engenheiro Luciano Cavalcante, Farias Brito, Fátima, Granja Lisboa, Itaperi, Jacarecanga, Jardim das Oliveiras, Jóquei Clube, José de Alencar, José Walter, Meireles, Messejana, Mondubim, Mucuripe, Olavo Oliveira, Papicu, Parque Santa Maria, Planalto Ayrton Senna, Praia de Iracema, Praia do Futuro I, Presidente Kennedy, São João do Tauape, Sapiranga, Varjota, Vila Ellery e Vila Velha.

Neste serviço, são elaborados projetos elétricos, que podem compreender a substituição das luminárias antigas por outras mais modernas e eficientes, equipadas com vidros policurvos, que distribuem melhor a luz e minimizam os espaços escuros entre os postes, os chamados “zebramentos”. Além disso, os técnicos fazem a adequação de potência das lâmpadas de vapor metálico (luz branca) direcionadas para a demanda de cada localidade e espaço específico. A requalificação ou implantação de nova Iluminação também é feita em áreas a serem urbanizadas ou construídas pela Prefeitura, como novas Areninhas, praças, túneis, viadutos, avenidas e lagoas, dentre outros.