Foto: Divulgação

Na manhã desta quinta-feira (31/12), o prefeito Roberto Cláudio cumpriu a última agenda oficial da atual administração municipal em 2020. Em visita à Praça José de Alencar, o Gestor entregou o equipamento revitalizado à Cidade. As intervenções incluem, além de nova ambiência, uma completa transformação infraestrutural.

Diversas melhorias foram incorporadas ao entorno do famoso Theatro José de Alencar. Além da implantação de piso industrial, novos postes com iluminação em LED, mobiliários urbanos, paisagismo, plantio de novas árvores, paraciclos e estação do Bicicletar enriquecem as oportunidades oferecidas pelo logradouro. Foram investidos recursos da ordem de R$ 3,2 milhões.

Paralelamente, a construção de fonte luminosa cibernética destaca-se dentre os atrativos do ambiente. Moradores e visitantes do centro da Cidade terão acesso a uma nova experiência visual e auditiva por meio do movimento das águas em harmonia sonora.

“Esta é uma área de tombamento federal. Um sítio histórico de grande valor para a história de Fortaleza. Toda a obra foi acompanhada, do projeto à execução, pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Estamos esperançosos de que esta intervenção traga maior valor a esse conjunto de grande importância arquitetônica”, declarou Roberto Cláudio.

“Essa novidade vem melhorar a caminhabilidade e abraçar os bens tombados aqui situados, incluindo a Igreja do Patrocínio. Além de trazer maior graça e charme ao ambiente, estamos resgatando um sentimento de pertencimento. Muitos casais se conheceram aqui há algumas décadas. Com a revitalização, estamos resgatando a ocupação e a ordenação deste espaço histórico”, considerou a titular da Secretaria da Infraestrutura de Fortaleza, Manuela Nogueira.

Ainda de acordo com o Prefeito, uma base permanente da Guarda Municipal garantirá a preservação local. “O centro tem uma economia informal integrada à economia formal. Isso tem valor social importante. Entretanto, a praça é de valor histórico e precisa ser protegida. Então, manteremos um diálogo respeitoso e evitar ocupações indevidas eventuais”, antecipou.