A cidade de Fortaleza deverá paralisar a aplicação do imunizante CoronaVac nesta quinta-feira, 29, por falta de doses. A secretária municipal da Saúde, Ana Estela Leite, informou sobre a capacidade do estoque disponível atender parte do público agendado para hoje, sendo cerca de 11 mil pessoas, na faixa etária de 60 anos. Novas orientações devem devem acontecer em breve por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

O Ministério da Saúde oferta apenas dois imunizantes utilizados no mundo, CoronaVac e AstraZeneca, ainda sim, em uma quantidade abaixo do esperado para um país como o Brasil, com mais de 200 milhões de habitantes, prejudicando o abastecimento dos imunizantes, lembra Ana Estela Leite, que ainda ressalta a recomendação da Pasta Federal em utilizar as 2ª doses armazenadas, para aplicação das 1ª doses.

A aplicação da AstraZeneca continua na Capital cearense “Deveremos concluir o público prioritário de trabalhadores da saúde e concluir os idosos acima de 60 anos que faltam muito pouco” explica Ana Estela. Ainda com as mesmas doses, a SMS planeja iniciar a terceira fase da campanha na próxima semana, contemplando pessoas com comorbidades.