Delegacia desinfecção ceará
Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) vem elaborando uma série de medidas de contenção à proliferação do novo coronavírus (Covid-19) para adequar suas unidades à nova realidade exigida e para salvaguardar seus profissionais. Nesta quinta-feira (4), uma iniciativa conjunta com a Cruz Vermelha Brasileira no Ceará (CVB/CE) levou o serviço de desinfecção e higienização para as dependências de três delegacias da Capital.

A ação de desinfecção faz parte de um plano de ações de combate e prevenção à pandemia da Covid-19 no nosso Estado. Hoje, as delegacias contempladas com o trabalho especializado foram as localizadas de Fortaleza, que são o 6º Distrito Policial, o 30º Distrito Policial e o 35º Distrito Policial, nos bairros Messejana, Jangurussu e Lagoa Redonda, respectivamente.

A sanitização de locais públicos da Capital e Interior do Estado tem como objetivo eliminar os agentes contaminantes, como vírus e bactérias, e garantir maior proteção à população neste período de pandemia. A ação de hoje contou com a participação de sete voluntários, que usaram bombas costais para pulverizar hipoclorito de sódio nas áreas interna e externa das unidades. Esta solução tem eficácia comprovada cientificamente no combate à Covid-19 e também é utilizada em países de todo o mundo para higienização de locais públicos.

A Cruz Vermelha Brasileira no Ceará já levou a ação de desinfecção para vários locais da Capital cearense, como o Paço Municipal, a Catedral Metropolitana de Fortaleza, a Praça do Ferreira, agências dos Correios, sede da Polícia Federal, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Justiça Federal, Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre outros. A CVB/CE também tem atendido as solicitações de vários municípios, dentre eles Itapajé, Tejuçuoca, Tamboril, Acopiara, Iguatu, Ipaumirim, Lavras da Mangabeira e Várzea Alegre.

A Polícia Civil reitera o esforço empreendido pela instituição em tomar todas as medidas de segurança necessárias para o bem-estar de seus servidores, bem como de toda população, para minimizar o impacto causado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).