Operacao contra covid-19 Beira Mar
Foto: Divulgação

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) realizou, nesta terça-feira (09), uma ação de conscientização e fiscalização em trechos da orla da Vila do Mar e da Avenida Beira Mar. Das 17h às 20h, 11 agentes abordaram pessoas nos calçadões e na praia, orientando sobre a importância do isolamento social e entregando máscaras de tecido.

Conforme o gerente de Plantões e Atividades Especiais da Agefis, Reginaldo Araújo, a operação tem como objetivo informar os cidadãos que mesmo com a flexibilização das atividades econômicas, é importante ainda se manter em isolamento social e só sair de casa em caso de extrema necessidade.

“A questão da pandemia do novo coronavírus ainda persiste. As pessoas devem evitar aglomerações, até porque o decreto ainda proíbe a ocupação de espaços públicos como praias, praças e calçadões”, explicou.

Na Av. Beira Mar, entre o Mercado dos Peixes e a Praia de Iracema, 400 kits de máscaras e material educativo foram entregues pelos agentes. Além disso, pessoas utilizando equipamentos compartilhados também receberam álcool em gel 70% para a higienização das mãos.

“As ações estão superando as nossas expectativas. A aceitação das pessoas tem sido boa, a gente não encontra resistência para esse tipo de atuação e no geral, temos ajudado bastante com relação às orientações. Pedimos que, mais ainda, a população possa ajudar e se conscientizar”, avaliou o Gerente.

Shoppings

Também nesta terça-feira (09/06), a Agefis atuou em cinco shoppings da Cidade para verificar o cumprimento das medidas preventivas ao novo coronavírus. Os agentes abordaram as gerências dos shoppings para reforçar o alerta quanto ao percentual de funcionamento; verificaram a adoção de cuidados, como a disponibilização de opções de higienização da mãos, aferição de temperatura, sinalização e outras providências protetivas; orientaram a população e os lojistas acerca do distanciamento social de 1,5 metro em filas; e distribuíram máscaras de tecido.

Fiscalização no Centro

Ao longo do dia, 11 estabelecimentos comerciais foram fechados no Centro de Fortaleza por funcionamento em horário não permitido (antes das 10h ou após as 16 horas). Desde o dia 1º de junho, 79 estabelecimentos comerciais foram interditados por descumprimento ao decreto de isolamento social. Também no Centro, 46 ambulantes foram orientados a desocuparem praças e calçadas.

“Nesta quarta-feira (10/06) vamos intensificar mais ainda por conta da movimentação na Rua José Avelino, onde alguns ambulantes podem insistir em atividades de vendas irregulares. No Centro, intensificamos a fiscalização com relação ao horário de funcionamento das lojas”, disse Reginaldo Araújo.

Os agentes também realizaram o ordenamento de filas de lojas e de agência bancárias, a distribuição de máscaras e de álcool em gel, e abordaram cerca de 400 pessoas. As equipes volantes atuaram na dispersão de aglomerações nas praças da Lagoinha, dos Leões e do Ferreira, Parque das Crianças e nas ruas Major Facundo, Barão do Rio Branco, Senador Pompeu, Guilherme Rocha, Liberato Barroso, entre outras.