Paciente 800 curado
Foto: DIvulgação

O prefeito Roberto Cláudio apresentou, nesta quinta-feira (11/06), em transmissão ao vivo pelas redes sociais, novos dados de um estudo realizado pela Universidade Federal do Ceará (UFC) sobre a pandemia do novo coronavírus em Fortaleza. Conforme a pesquisa, 21 mil pessoas já se recuperaram da doença na Capital e outras 9 mil tiveram a vida preservada graças ao isolamento social.

O estudo mostra, ainda, uma parcela maior de mulheres recuperadas, com exceção da faixa etária entre 60 e 79 anos, onde há mais homens. Em ambos os gêneros, houve mais pessoas recuperadas com idades entre 40 e 50 anos, pelos casos terem tido mais ocorrências com menos gravidade.

Na ocasião, o Prefeito parabenizou os profissionais da saúde, desde a Atenção Primária à alta complexidade, pelo trabalho e colaboração para que Fortaleza tenha alcançado os indicadores mencionados.

Outra novidade destacada pelo Gestor foi a nova plataforma de comunicação on-line destinada aos familiares de pacientes internados no Hospital de Campanha do Estádio Presidente Vargas. Esses familiares passarão a receber boletim diário atualizado contendo informações sobre a evolução clínica do parente hospitalizado.

“Isso qualifica a relação do hospital com os familiares, humaniza, tranquiliza. Quem tem paciente com a Covid-10 possui uma ansiedade diferente dos internados por outras doenças, pois impõe o isolamento e não pode ter um acompanhante ao lado do leito. Por isso, há a necessidade da família receber dados atualizados pela equipe médica. Isso vai acalmar a angústia de muita gente”, disse o Prefeito.

Conforme Roberto Cláudio, a experiência deverá ser amadurecida e possivelmente levada aos pacientes internados no Instituto Dr. José Frota 2, que atualmente conta com 150 leitos exclusivos para a Covid-19, sendo 50 de enfermaria e 100 de UTI.