copa-américa Esporte A Copa América de 2019 será disputada em sete cidades e oito estádios.  A competição será disputada por 16 seleções – as 10 que formam a Conmebol e mais seis convidados, ainda por definir.

Há seis cidades definidas: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador e Porto Alegre. A sétima sede está entre Fortaleza e Recife – com favoritismo claro, neste momento, para a capital do Ceará.

São Paulo será a única sede com dois estádios – as Arenas de Corinthians e Palmeiras. Nos demais, deverão ser utilizados os estádios da Copa do Mundo de 2014. A tendência é que o Beira-Rio seja a sede de Porto Alegre.

Essas decisões estão tomadas, mas não serão anunciadas de maneira oficial até que o Comitê Organizador Local da Copa América de 2019 seja formalizado. Desde o início, o plano dos organizadores do torneio era concentrar os jogos no Sul e no Sudeste do Brasil para evitar deslocamentos longos das seleções. Com o aumento para 16 equipes, o “mapa” do torneio foi ampliado.

O governador do Ceará, Camilo Santana, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, confirmaram o interesse em trazer a competição para as terras alencarinas. “Vamos fazer uma articulação com a CBF e a Confederação Sul-Americana também. Fortaleza tem todas as condições de receber esses jogos da Copa América. Portanto, pode contar com o meu apoio. No que for necessário, por parte do Governo do Estado para trazer este evento pra cá e com certeza por contar também com o prefeito Roberto Cláudio. Vamos trabalhar juntos, assim como vocês para que a gente possa fazer uma grande mobilização para trazer este evento para Fortaleza”, afirmou Camilo Santana.

A Copa América de 2019 será a última disputada em anos ímpares. A partir de 2020 (e depois 2024, 2028, 2032) o torneio será realizado sempre de maneira paralela a Eurocopa.