O Centro de Formação Olímpica (CFO) está com inscrições abertas para preenchimento de 534 vagas para realização de cursos e atividades na instituição. Desse total, serão 339 vagas para jovens de 10 a 19 anos nas modalidades esportivas: basquete, badminton, futsal, vôlei, vôlei de praia e tênis de mesa. As vagas serão distribuídas entre alunos veteranos, que deverão realizar matrícula para garantia da vaga (grupo prioritário) e cadastro de reserva (mediante vagas remanescentes). Os aprovados receberão uniforme, álcool gel e cesta básica (mensalmente, enquanto durar a pandemia).

Serão ofertadas ainda 90 vagas para atividades do programa de Saúde e Lazer, com turmas de alongamento e condicionamento físico, aberto para a  população em geral com idade a partir de 20 anos. Além disso, serão ofertadas 105 vagas para os cursos de capacitação profissional para a área do esporte, os chamados Sport Works, voltados para jovens e adultos de diferentes níveis de escolaridade. Dessas vagas, serão distribuídas 35 vagas para o curso de Gestão das Políticas Públicas do Esporte, 35 vagas para o de Metodologias Ativas no Ensino dos Esportes, e 35 vagas para o curso de Elaboração de Projetos e Competições Esportivas.

O período de inscrições dos editais é de 17 de maio a 23 de maio. Os interessados devem preencher o formulário online disponível no site do Centro de Formação Olímpica, o www.formacaoolimpica.org.br . O resultado dos processos seletivos serão divulgados no dia 26/05. Todas as atividades terão início no dia 31 de maio e acontecerão de forma remota até determinação do decreto estadual.

O superintendente do CFO, Adriano Loureiro, destaca que as atividades estão transformando o CFO em um polo de formação esportiva. “O nosso objetivo é ampliar cada vez mais nossas ofertas de vagas e oferecer oportunidades de formação esportiva para atletas iniciantes e os de alto rendimento, oferecer atividades físicas para a população cearense e dar opções profissionais para os jovens e adultos, o que consequentemente gera impacto na cadeia do esporte no Estado”, afirma.