Foto: Reprodução

O prefeito Roberto Cláudio anunciou o concurso público para a contratação de 129 profissionais para a área a Rede de Atenção à Saúde Mental (Raps) de Fortaleza, na última  quarta-feira (02), no Paço Municipal. Com a realização do certame, o Município reforçará o atendimento aos usuários das unidades da saúde mental – Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Unidades de Acolhimento e Residências Terapêuticas – com novos profissionais de áreas diversas.

Ao todo serão 129 vagas, distribuídas para médicos psiquiatras, clínicos e neurologistas, enfermeiros, psicólogos e terapeutas ocupacionais. O certame será encaminhado nesta quinta-feira (03/05) para a aprovação na Câmara Municipal e a expectativa é que o edital, elaborado pelo Imparh, seja lançado até o mês de julho. Os aprovados terão posse imediata e o certame contará ainda com banco reserva até 2023.

“É o primeiro concurso especificamente da área da saúde mental para Caps, Caps AD e unidades de acolhimento. Isso garantirá estabilidade na escala de profissionais, com a garantia de todo dia ter o médico psiquiatra ou o psicólogo, por exemplo, e melhorar o atendimento através de uma relação permanente de continuidade dos profissionais com os pacientes”, afirmou Roberto Cláudio.

Para a secretária Municipal de Saúde, Joana Maciel, esse concurso vai contribuir ainda mais com a melhoria da atenção psicossocial na cidade. “Nossa rede de atenção consiste em 15 Caps, três unidades de acolhimento e residências terapêuticas. É muito importante esse concurso público para manter a relação desses profissionais com os pacientes”, comentou.