Foto: Reprodução

O Brasil está enfrentado nos últimos anos uma profunda crise econômica passando de um crescimento econômico para resultados desanimadores registrados pelo IBGE sobre o Produto Interno Bruto (PIB). Com a recessão, a falta de empregos na iniciativa privada levou diversos brasileiros a buscar vagas no setor público.

Somente nos três poderes, federal, estadual e municipal, a expectativa para 2018 é a abertura de mais de 162 mil vagas. Magda Cristiane dos Santos, de 39 anos, é um exemplo de quem procurou um “porto seguro” em tempos de crise participando de um concurso público.  Prestou concurso da prefeitura de Blumenau para ser pedagoga e passou na prova objetiva em 19° colocação. Já em Pomerode, Lucas Félix dos Anjos aproveitou a abertura de vagas na prefeitura da cidade e também prestou concurso para o cargo de professor de matemática, ficando em 2º lugar.

Para conseguir uma boa colocação ou mesmo passar em um concurso público muitas pessoas ainda procuram cursos preparatórios, mas no caso de Magda e Lucas não foi necessário. Ambos são alunos da Unicesumar e utilizaram apenas o material didático elaborado e fornecido pela instituição para estudarem para as provas. “Eu utilizei o conteúdo estudado nas aulas durante as disciplinas, nunca tinha prestado um concurso público. Fiquei muito feliz com o resultado e me surpreendi ao ver a prova, quando li as perguntas recordava das aulas conceituais e ao vivo, algumas perguntas eram idênticas as que caíram em nossas avaliações”, contou Magda Cristiane.