supermercado
Foto: Divulgação

A nova pesquisa do Procon Fortaleza, divulgada nesta quarta-feira (21), aponta redução de 4,10% nos preços de alimentos e produtos dos supermercados da Capital. Em fevereiro (20/02 e 21/02), a soma média de todos os itens era de R$ 412,35, caindo para R$ 395,43 no último levantamento, realizado nos dias 13/03 e 14/03. Batata inglesa, cebola e frango estão mais baratos. O Procon ressalta que os preços podem sofrer variação, a depender de ofertas e encartes promocionais, que devem ser cumpridos pelos supermercados, sob pena de multa.

Confira aqui a pesquisa completa

Quando o comparativo é a soma média dos produtos entre os bairros de Fortaleza, a Regional V concentra os preços mais elevados. Nesta área, estão bairros como Conjunto Ceará, Canindezinho e Maraponga. Já na Regional II, onde ficam bairros como Aldeota, Joaquim Távora e Papicu, o Procon identificou supermercados com a soma média total mais em conta.

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, alerta que produtos armazenados em geladeiras como refrigerantes, águas e sucos não podem sofrer preços diferenciados, exceto quando vendidos em áreas internas dos próprios supermercados que agreguem serviços, a exemplo de padarias e lanchonetes. “É uma prática abusiva cobrar pelo produto gelado, em comparação com o preço do produto em temperatura normal, que fica na prateleira”, esclareceu.

A pesquisa mensal do Procon Fortaleza é dividida entre itens de alimentação, carnes e aves, padaria, refrigerantes, frutas e verduras, higiene pessoal, limpeza doméstica e higiene infantil.