Dermatologista alerta para cuidados com purpurina e glitter

Com a proximidade do Carnaval muitos foliões já começam a escolher a make. Seja para brilhar na avenida, nos blocos de ruas ou festas, é a hora de usar e abusar do glitter, purpurina, entre outros itens. Para evitar transtornos nos dias de folia, a dermatologista Camila Moulin ensina algumas dicas. Confira:

Uso de filtro:  Pessoas com história de dermatite atópica, eczemas ou rosácea precisam de cautela ao utilizar, pois o uso de glitter nesses casos pode desencadear uma piora no quadro da doença preexistente. Em pacientes sensíveis, recomendo utilizar uma camada de filtro solar físico, como os filtros a base de óxido de zinco, antes da aplicação da purpurina para minimizar os riscos.

Faça um teste dias antes para observar a reação: A área próxima aos olhos são mais sensíveis em todas as pessoas. Caso sua maquiagem ou fantasia contemple essa região e você irá usar um produto novo, faça um teste dias antes para observar a reação. Assim você vai pra folia tranquilo!

Remoção da maquiagem: Para remover o glitter, prefira óleos e demaquilante bifásicos, pois esfregar o rosto e o corpo pode fazer com que o produto irrite a pele.

Muito filtro solar e hidratação: Muitos foliões passam o dia inteiro em blocos então é preciso redobrar o cuidado com o filtro solar. Sem dúvida, uma pele bem hidratada já diminui muito as chances de irritação pelo glitter. Nesses dias de folia não se esqueça de hidratar bem a pele. Beba bastante líquidos durante o dia e aproveite o gliter para ser feliz e radiante na festa da alegria!