Projetos voltados para a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes de Aquiraz realizados conjuntamente por organizações da sociedade civil (OSCs), órgãos públicos, escolas, postos de saúde e unidades de assistência social podem se inscrever no edital para o Fundo de Fomento Redes de Territórios Educativos.

As inscrições estão abertas até o dia 16 de outubro (sexta-feira). Porém, recomenda-se não deixar para a última hora porque um dos pré-requisitos para se inscrever é a realização do curso Mapa de Identidades, disponível no Polo, ambiente de formação do Itaú Social. Nele, os interessados vão produzir um diagnóstico territorial e construir um plano de ação coletivo e integrado. Estes documentos deverão ser anexados no ato da inscrição.

Conforme as regras do edital, o projeto precisa articular a atuação de, no mínimo, quatro instituições parceiras e estar orçada em até R$ 10 mil. As ações devem estar relacionadas aos cinco direitos fundamentais do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

“O fundo pretende valorizar a soma de esforços entre estado e sociedade civil organizada, por meio da atuação articulada, fundamental para promover o desenvolvimento social e reverter os níveis de desigualdade, especialmente no tocante aos direitos de crianças, adolescentes e jovens”, explica a gerente de fomento do Itaú Social, Camila Feldberg.

O Fundo de Fomento faz parte do programa Redes de Territórios Educativos, realizado pelo Itaú Social com implementação do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável – CIEDS.

Seu objetivo é contribuir para o fortalecimento das OSCs na elaboração e implementação de estratégias de educação integral, criando laços de confiança e parceria entre os diferentes atores que operam no território. Este é o terceiro ano da iniciativa, que contou com 24 encontros e 37 oficinas formativas, além da participação de 97 instituições somente em 2019.

Um dos projetos já contemplados com o Fundo de Fomento é a parceria entre a Associação de Preservação do Meio Ambiente, Patrimônio Histórico, Educacional e Difusão da Cultura de Aquiraz – Apremace, EEFM Coronel Osvaldo Studart e EMEF Luiz Eduardo Stuart Gomes e na Creche Maria Bezerra de Oliveira. A iniciativa oferece atendimento psicológico para alunos com quadros de depressão, ansiedade e baixa autoestima. O apoio é feito de forma coletiva para crianças entre 5 e 11 anos, oferecendo um espaço de diálogo, informações, reflexões, assim como a oportunidade de falar sobre si, seus sentimentos, crenças e atitudes, tanto no contexto escolar quanto social.