Foto: Divulgação

Diante do crescente aumento da demanda da rede pública de saúde do Ceará ocasionados pela Covid-19, o governo do Estado acaba de contar com a doação de 100 capacetes Elmos que serão destinados à Secretaria de Saúde do Ceará. A iniciativa faz parte do conjunto de ações que a Solar Coca-Cola tem realizado para contribuir com as ações de enfrentamento ao novo Coronavírus e que vem movimentando uma verdadeira rede solidária em todo o Nordeste.

 

“Momentos críticos, como o que vivemos hoje com a pandemia, desafiam a todos e demandam ainda mais esforços e dedicação. Por isso, de acordo com as necessidades mais urgentes de cada local ou cada grupo, estamos realizando uma série de ações emergenciais para dar algum alívio aos que mais sofrem nesse momento”, explica Fabio Acerbi, diretor de Relações Externas da companhia

 

Quem primeiro receberá parte das doações será o Hospital São José, em Fortaleza. Os equipamentos de respiração assistida reduzem em até 60% a necessidade de intubação, evitando também a necessidade de internação em UTI por pacientes com covid-19. Criado no Ceará, o Elmo utiliza um mecanismo de respiração artificial não invasivo, podendo ser utilizado em pacientes com baixa ou média complexidade.  

 

Com a doação, o governo chega a marca de mais de 1.500 Elmos doados em iniciativas de apoio como a realizada pela Solar Coca-Cola. “Agradeço e reconheço, com alegria, a onda de solidariedade que tem se formado para doações do capacete Elmo e de treinamento do dispositivo que a sociedade tem mostrado para a Secretaria da Saúde do Estado e para nossa Escola. É imprescindível reconhecer que podemos virar esse jogo, podemos unir a sociedade em torno de valores maiores: salvar vidas através da tecnologia, da ciência e da inovação”, destaca Marcelo Alcantara, médico pneumologista e intensivista, superintendente da Escola de Saúde Pública do Ceará e coordenador do projeto Elmo.