site-porno Cotidiano A empresa Up Mídia, responsável pela operação de telões nos terminais de Fortaleza, apura um suposto ataque hacker registrado, nesta terça-feira, contra um equipamento instalado no Terminal de Messejana. Por volta das 8h, em um telão de cinco metros de largura por três metros de altura, a tela inicial de um site pornô era transmitida sem constrangimento aos passageiros que aguardavam os ônibus.
“Era uma imagem estática, como se alguém tivesse esquecido uma janela aberta. Na hora que puxei o celular para bater a foto, outras pessoas também perceberam a situação embaraçosa”, relata o leitor, que permanceu cerca de 10 minutos no local. “A situação  só  não  foi mais constragedora pois o pop-up de um aplicativo cobria as imagens pornográficas. Sorte, talvez?”, argumentou o leitor. Apesar de não haver nenhuma navegação no momento em que era transmitida a imagem, é possível ver claramente o endereço do site Xnxx e o texto “videos porno”.
A empresa diz que está tomando as devidas providências para investigar o episódio e trata o ocorrido como um caso de “invasão ilegal“. Segundo Daniel Joca, diretor-geral da UP Mídia, o sistema de transmissão é automatizado e não reproduz a tela de um computador. “Descartamos completamente a possibilidade de uma falha humana. Vamos registrar um Boletim de Ocorrência e buscar com as autoridades saber como proceder, porque nunca passamos por algo parecido”, assevera Daniel, classificando o episódio como um “ato criminoso”.
A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) disse que tomou conhecimento do episódio pela manhã e acionou imediatamente a empresa para encerrar a transmissão do conteúdo. A UP Mídia é responsável pela administração de 90 telas que, diariamente, transmitem notícias de interesse público e publicidade no interior dos terminais de ônibus.
Fonte: Diário do Nordeste